Sarau & Palco Hotel Mambembe comemora 20 Edições com evento especial no Centro De Cultura

O evento terá um formato diferente, adaptado ao teatro onde ocorrerá, mantendo a ideia original de sarau com música executada por jovens artistas da cena conquistense

O SARAU & PALCO HOTEL MAMBEMBE comemora 20 edições em dois anos de iniciativa com um evento especial no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, a partir das 20h. O evento terá um formato diferente, adaptado ao teatro onde ocorrerá, mantendo a ideia original de sarau com música executada por jovens artistas da cena conquistense, além de dança, teatro, poesia e a apresentação de artistas convidados.

O evento acontece a partir da seleção de jovens músicos, para este serão oito artistas, quatro em cada dia. O Sarau convida também outros nomes já conhecidos, e nesta edição se apresentarão Evandro Correia, Ítalo Silva e a banda Hotel Mambembe, além da dançarina Milena Edna, a poetisa e arquiteta Ully Flores e a Cazazul, que apresenta uma peça de teatro. De acordo com o músico Euri Meira, idealizador e produtor do evento, “é importante darmos voz à prata da casa, trazermos esses artistas da nossa cena que já têm um público cativo”. Para ele, isto ajuda a formar público porque estimula os jovens a conhecerem os novos talentos.

Quanto a talento, o Sarau Mambembe sempre esteve muito bem abastecido com a diversidade, quantidade e qualidade de jovens compositores e instrumentistas em Conquista. E esta é a razão do sucesso dessas apresentações. Por outro lado, Euri comenta as dificuldades em se produzir algo tão importante para a formação de público e estímulo a novos artistas. Ele, que morou e trabalhou com música nos Estados Unidos por mais de 10 anos, percebeu quando voltou para Conquista em 2014, a falta de espaço numa cena cultural diversificada e com muitos talentos. “O Sarau é o único projeto musical em curso para formação de público e artistas na cidade”, informa o músico, “embora a prefeitura já tenha oferecido o Por Isso É Que Eu Canto, que era bem nesse formato, mas com caráter de competição, e que de qualquer forma não existe mais”.

De fato, enquanto o Município aguarda a consolidação do Plano e, efetivamente, das Políticas de Cultura de acordo com os estatutos e com a participação do Conselho, a Cena Conquistense não deixa de se movimentar. Com a ausência, por mais de cinco anos, do Centro de Cultura, e as limitações do único espaço institucional local, o bravo teatro Carlos Jehovah, ainda assim os eventos continuaram sendo promovidos pela iniciativa de coletivos que foram se organizando, descobrindo e criando novos espaços.

O Sarau Mambembe, por exemplo, já aconteceu, além do CJ, na Praça Guadalajara, Dali, Manifesto, Segundo Vento e Cazazul, todos eles, exceto a praça e o CJ, espaços alternativos criados pela ausência de iniciativas públicas. Euri, que também toca na banda Hotel Mambembe, comenta a dificuldade dos realizadores em conseguir espaços e editais que reforcem e destaquem os talentos que a cidade tem de sobra.

O Sarau aconteceu pela primeira vez em maio de 2016. Mais de 200 pessoas participaram do evento que teve, nas suas 20 edições, mais de 20 apresentações em cada uma. Muitos artistas que hoje fazem carreira começaram nos palcos do Sarau Mambembe. “Com o ressurgimento do Centro de Cultura, o projeto pode ser deslanchado mais uma vez; mas espero que os empresários, o poder público e a população abram os olhos para este importante projeto”, afirma Euri, que conseguiu o espaço a partir de uma pauta oferecida por Edital de Reocupação do CCCJL, do Estado da Bahia.

O SARAU MAMBEMBE, edição especial, é um evento comemorativo sobre os seus dois anos e vinte edições. Com este caráter, traz um formato um pouco diferente, em respeito ao desenho do teatro do CC, conforme explica o produtor: “O formato original tem o espaço mais aberto, de arena, daí tivemos que adaptar para este teatro italiano, o que vai ficar muito interessante, e acredito que os que já curtem o Sarau, vão curtir ainda mais este nosso Especial”.

SARAU MAMBEMBE EDIÇÃO ESPECIAL

PROGRAMAÇÃO

DIA 31 DE AGOSTO

Músicos selecionados:

Fernando Oliveira
Larice e Anderson
Filhos do Sol
Dinha Andrade

Convidados:

Dança – Milena Edna
Poesia e música – Ully Flores
Banda Hotel mabembe
Encerramento com Evandro correia

DIA 1 DE SETEMBRO

Músicos selecionados:

Luiza Audaz
Fernando e Jônatas
Lívia Ellen
Gabriela Sá

Convidados:

Teatro – Cazazul
Banda Hotel mambembe
Encerramento com Ítalo Silva
 

Comentários