Jogador Fagner afirma estar sempre preparado após ser convocado para amistosos

Pelas redes sociais, Fagner comemorou a convocação para os amistosos contra o Panamá, neste sábado (23), e República Tcheca, no próximo dia 26

Titular na Copa do Mundo da Rússia, Fagner retorna à seleção brasileira. Nesta segunda-feira (18), o técnico Tite convocou o lateral-direito do Corinthians para o lugar de Daniel Alves, cortado com uma lesão no joelho esquerdo.

Pelas redes sociais, Fagner comemorou a convocação para os amistosos contra o Panamá, neste sábado (23), e República Tcheca, no próximo dia 26. "Sempre preparado para as oportunidades! Muito feliz com a chance de defender o nosso país mais uma vez!", escreveu o jogador em publicação no Instagram.

Com a chamada, Fagner será desfalque do Corinthians para os próximos jogos do Paulista, inclusive as partidas de quartas de final, marcadas, a princípio, para os dias 24 e 27 de março. Há a possibilidade de mudança de datas após a definição de todos os classificados.

Edu Gaspar, coordenador da seleção, explicou a opção pelo corintiano. "O Fagner nunca saiu do nosso radar de observações. Estamos falando de um jogador que esteve conosco na Copa do Mundo e que sabemos da qualidade e do que pode entregar nos jogos deste período Fifa", afirmou ao site da CBF.

Ainda no Brasil, Fagner não participará do treino desta segunda em Porto, em Portugal. A seleção brasileira já programava um treino completo apenas na terça (19) ou na quarta-feira (20), dependendo da condição de apresentação dos seus atletas.

O corte de Daniel Alves pode atrapalhar os planos de Tite de contar com o atleta para a Copa América. Ele já havia sido cortado do Mundial na Rússia, no ano passado. Edu Gaspar, no entanto, não descartou o retorno do experiente lateral.

"Não fechamos as portas para os atletas. Ainda mais para um líder e um jogador da importância do Dani dentro do futebol e da Seleção. Falamos com ele hoje e desejamos sua pronta recuperação", completou.

Nos amistosos, Tite contará ainda com o lateral-direito Danilo, do Manchester City (ING).

Folhapress

Comentários