SP anuncia decreto para volta de aulas presenciais a partir de outubro

O decreto, no entanto, dará autonomia às prefeituras para, junto com as Vigilâncias Sanitárias locais

O governo de São Paulo anunciou hoje que definirá "critérios objetivos" para a volta opcional às aulas. Segundo o vice-governador do estado, Rodrigo Garcia (DEM), as normas serão explicadas em decreto a ser publicado ainda nesta semana.
 
O decreto, no entanto, dará autonomia às prefeituras para, junto com as Vigilâncias Sanitárias locais, determinar normas locais mais restritivas caso se mostrem necessárias. Desta forma, embora o governo paulista possibilite inicialmente a volta às aulas a partir de 7 de outubro, os municípios podem adiar esta volta.

Comentários