CONQUISTA: Semdes convoca 14 mil famílias conquistenses com Cadastro Único desatualizado

A desatualização do Cadastro Único leva à exclusão do registro após quatro anos

Foto: PMVC


Em Vitória da Conquista, 64.957 famílias estão inseridas no Cadastro Único do Governo Federal. Mas 14.809 dessas famílias estão com as informações desatualizadas e correm o risco de perder benefícios como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia e Benefício de Prestação de Continuada (BPC).

Para evitar esse transtorno, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes), está intensificando, neste mês de outubro, o atendimento do Cadastro Único em localidades onde há um grande número de pessoas com cadastro desatualizado. “Nós já verificamos os bairros da zona urbana e comunidades rurais em que precisaremos investir mais tempo, para que essas pessoas não percam o seu benefício”, revela a diretora de Assistência Social, Clea Malta.

VEJA TAMBÉM: CONQUISTA - Hospital Esaú Matos realiza recadastramento de doulas

O cadastro também pode ser atualizado nos Cras, nas subprefeituras dos distritos de Bate Pé, José Gonçalves, Inhobim, além da Prefeitura da Zona Oeste e Semdes. Para atualizar o seu cadastro, procure um desses locais com os seguintes documentos: RG e CPF de todos os moradores da residência, Certidão de Nascimento dos filhos e comprovante de residência.

Segundo o Ministério da Cidadania, a desatualização do Cadastro Único leva à exclusão do registro após quatro anos, podendo gerar o cancelamento daqueles que possuem benefícios. “É importante destacar, ainda, que desde de abril de 2021, o Governo Federal não libera novos benefícios, temos uma fila de mais de cinco mil pessoas aguardando”, ressalta Clea.

Atenção: Em caso de mudança de endereço, de telefone, de estado civil, de renda mensal ou em eventos de nascimento, adoção ou falecimento na família, o cadastro deve ser atualizado o mais rápido possível.

Comentários