Covid: Bahia vai manter leitos abertos no Extremo-Sul após aumento de casos

A região registra o percentual mais baixo de vacinação contra a covid-19 com a segunda dose

 Foto: Rogerio Santana/Governo do RJ


A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) decidiu suspender a desmobilização de leitos para covid-19 no Extremo-Sul, após aumento de casos na região.

No mês passado, a secretária em exercício da Saúde, Tereza Paim, já havia demonstrado preocupação com essa região da Bahia. "Hoje ela é quase 100% predominante no sequenciamento que nós fazemos, seja ele aleatório, seja ele o caso da UTI, seja ele algum óbito. E isso nos preocupa”, disse, se referindo à variante delta.

Em outubro, a Sesab havia anunciado a desmobilização de 179 leitos para pacientes com Covid-19, em cinco hospitais do estado, após a redução no número de infectados.

 

VEJA TAMBÉM: CONQUISTA: Mais da metade da população dos conquistenses já recebeu a 2ª dose ou dose única contra Covid-19; [CONFIRA DADOS]

 

Atualmente, a Bahia registra 36% de ocupação nos leitos UTI adulto, enquanto 62% é registrado na ala pediátrica. Até a tarde de ontem (11), o Extremo-Sul registrava 49% de ocupação na região. A região registra o percentual mais baixo de vacinação contra a covid-19 com a segunda dose, 69,6%.

bnews 

Comentários