Com quase 3 milhões de faltosos, Bahia pode perder doses de vacina contra a Covid

Em Salvador, mais de 70 mil pessoas acima de 12 anos ainda não foram receber a primeira dose da vacina. Outras 283 mil não compareceram para receber a segunda dose

Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde DF


A Bahia pode perder, em breve, doses de vacina contra a Covid-19 por falta de procura da população. Os números atualizados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) nesta quarta-feira (24) apontam que 2,9 milhões de baianos estão com o esquema vacinal atrasado, levando em conta a segunda dose e a dose de reforço.

Ainda de acordo com a Sesab, dos faltosos da segunda dose, 341.494 tomaram a vacina Coronavac; 358.796 Oxford/AstraZeneca; e 1.219.490 Pfizer/BioNTech. Já com relação à terceira dose, 1.013.074 de pessoas já poderiam ter recebido o imunizante.

O alerta que fica é para a possibilidade de perda de doses, caso as pessoas não compareçam aos postos de saúde. Segundo epidemiologista ouvida pelo jornal Correio, as doses da Pfizer, por exemplo, devem ser administradas até 31 dias após recebidas, por conta de especificidades no armazenamento.

 

VEJA TAMBÉM: Bahia exigirá comprovante de vacinação para entrada em hospitais e unidades SAC, diz Rui

 

Só em Salvador são mais de 70 mil pessoas que ainda não foram tomar a primeira dose da vacina. Outras 283 mil não buscaram a segunda dose e mais 156 mil não tomaram a dose de reforço.

METRO1

Comentários