Programação da Fligê 2018 é apresentada em Mucugê

Os detalhes da programação foram apresentados a autoridades políticas, empresários, professores, estudantes e comunidade, durante encontro na Câmara de Vereadores de Mucugê

“A educação é a arma mais poderosa que pode mudar o mundo”. Esta frase é do líder sul-africano Nelson Mandela, que neste 18 de julho completaria 100 anos. Símbolo mundial de resistência, Mandela reconheceu o papel da educação e as transformações que o conhecimento e a leitura podem provocar. Em sintonia com a data histórica, foi justamente neste dia que a terceira edição da Feira Literária de Mucugê (Fligê) foi lançada na cidade.

Os detalhes da programação, as escritoras e escritores convidados, as atrações musicais, os diferentes espaços e um pouco sobre a homenageada desta edição, a escritora Conceição Evaristo, foram apresentados a autoridades políticas, empresários, professores, estudantes e comunidade, durante encontro na Câmara de Vereadores de Mucugê.

“A Fligê é um projeto cultural e educacional, nosso propósito é a educação literária. A gente reconhece a literatura como uma constituição de valores libertários, é a literatura que faz com que a gente saia de um lugar e vá para outro, é com esse contato, em diálogo com outras artes, que você assume uma consciência reflexiva e auto-reflexiva”, explicou a curadora da Feira, a professora Ester Figueiredo.

O vice-prefeito da cidade, Luiz Antonio Rocha, participou do lançamento e comemorou a programação. “A Fligê é pra gente um presente. Mucugê que ganha com isso. A Chapada toda se mobiliza, visitantes vêm para a cidade, mas a Fligê em si tem por objetivo despertar o gosto pela leitura, pela a arte no geral. Esta terceira edição vai ser mais um marco para a nossa cidade, ficamos felizes em ver a feira se fortalecendo a cada ano”, afirmou.  

De acordo com o secretário de Cultura, Turismo e Meio Ambiente de Mucugê, Euvaldo Ribeiro, a feira literária é hoje um dos mais importantes eventos da cidade. “É um evento que promove a literatura, a leitura, a cultura como um todo. É um evento crescente e a população tem abraçado a causa, com um aceitação muito boa”, destacou. 

A Fligê 2018 acontece de 16 a 19 de agosto na Chapada Diamantina, com a programação totalmente gratuita e aberta a todas as pessoas. Confira em www.flige.com.br 

Comentários