Banda conquistense anuncia álbum com participações de Luiz Caldas e Pedro Pondé

Álbum tem produção musical de André T, produtor musical responsável por registros de bandas como Cascadura, Retrofoguetes e Baiana System

Recentemente premiada como Melhor Banda no Festival MUSA Salvador 2018, a Dona Iracema anunciou o lançamento de seu novo álbum para julho de 2019. O novo trabalho tem músicas inéditas e as participações de Luiz Caldas e Pedro Pondé (ex Scambo).

Este é o primeiro álbum da banda, após ter lançado 4 EPs autorais ao longo de 7 anos de carreira: “Dona Iracema” (2013), “Um pouco de CD” (2014), “Máquina de Amarrar Jegue” (2016) e “Caatincore Iracemático” (2018). Dessa vez, a produção é assinada por André T, produtor musical responsável por registros de bandas como Cascadura, Retrofoguetes e Baiana System.

A gravação também contou com a participação do ex guitarrista Enzo Fernandes na música “Apocalipse Iracemático” e da roqueira Nancy Viegas, na música “Tô no Cid”. “A banda se sente honrada. Ficamos impressionados com a entrega de cada um, Enzo colocando sua guitarra, com aquela pegada de um bom guitarrista de banda de metal, sem falar de Nancy Viegas, Pedro Pondé e Luiz Caldas que foram incríveis com a gente. Todos mergulharam no universo iracemático”, contou o baterista Oscar Sampaio.

“Luiz Caldas agregou a guitarra baiana que é a cara dele e da Bahia. A gente achou que seria a cereja do bolo e foi mais do que isso. Ele trouxe todo o tempero”, detalhou Oscar, mencionando a música “Volta pra casa João”, composição de Diegão Aprígio e Balaio.

Formada em 2012, na cidade de Vitória da Conquista (BA), a Dona Iracema se lançou no cenário musical baiano com uma nova proposta, enfatizando um estilo próprio que mescla o rock e a música regional, com apresentações performáticas.

A banda ganhou notoriedade após participar de festivais Bahia afora. Em 2016, esteve entre as 10 bandas escolhidas para participar da produção em estúdio promovida pelo projeto Bolsa Estúdio, da Skol. O grupo enfrentou quase 300 competidores inscritos em toda a Bahia.

No Festival MUSA, foram os únicos que representaram o interior baiano, subindo ao palco com a energia e irreverência que são suas marcas registradas. Com esse vigor e uma performance incendiária, levou o prêmio de Melhor Banda.

A Dona Iracema é composta por Balaio (vocal), Diegão Aprígio (vocal e contrabaixo), Anderson Gomes (vocal e guitarra) e Oscar Sampaio (vocal e bateria).

Comentários