Descubra quem é o ator apontado como pivô da separação de Débora Falabella e Murílio Benício

Com um vasto currículo no teatro, Gustavo faz par romântico com Débora Falabella em "Aruanas", série inédita da Globo

A notícia sobre o fim do relacionamento de 7 anos de Débora Falabella e Murilo Benício pegou muita gente de surpresa na última segunda-feira, mas o que poucos sabem é que eles já não estavam juntos desde o início do ano e que existe um pivô: o ator Gustavo Vaz.

Com um vasto currículo no teatro, Gustavo faz par romântico com Débora Falabella em “Aruanas”, série inédita da Globo. Os dois ficaram muito próximos nas gravações em Manaus, no fim do ano passado, e começaram a viver um romance também na vida real, após a atriz se separar.

Na rodinha de amigos, a “amizade colorida” não é segredo. Débora e Gustavo foram, inclusive, vistos aos beijos durante uma noitada em São Paulo, há três meses. Um vídeo feito por uma pessoa da produção da série na época mostra o momento em que os dois se beijam num escurinho de uma boate. Gustavo postou vários vídeos no stories com Débora. Num deles, o ator chega a uma festa privada na casa da atriz, antes de eles irem para a tal noitada. Há também várias fotos deles juntos em eventos fora do trabalho com amigos e com a irmã da atriz, Cynthia Falabella. O bonitão também terminou um casamento há pouco tempo.

Em fevereiro, o EXTRA chegou a procurar a assessoria de imprensa de Débora, que afirmou que eles continuavam casados. Já a empresária de Murilo, após tomar conhecimento do assunto e dizer que ligaria para o ator para checar a informação, disse que não comentava a vida pessoal do artista. Dois meses depois, Débora e Murilo lançaram a série “Se eu fechar os olhos agora”, em que atuaram juntos. A separação só foi confirmada na última segunda-feira, uma semana após o fim da série.

Débora e Murilo iniciaram o relacionamento em 2012, nos bastidores da novela "Avenida Brasil" e seguem parceiros no trabalho. Eles compraram os direitos do livro que deu origem à série "Doctor Foster", da BBC. O ator iria dirigir a ex-mulher, porém, a atriz não poderá seguir no projeto por falta de agenda.

O Globo
 

Comentários