CONQUISTA: Juiz decide pela manutenção da prisão do condutor que provocou o atropelamento da jovem Raíssa

A audiência foi acompanhada por familiares e amigos de Raíssa e do condutor

Após a audiência de custódia, o juiz decidiu pela manutenção da prisão do condutor acusado de causar o atropelamento que vitimou a jovem Raíssa Alves, de 18 anos. A audiência é um direito de presos que foram detidos em flagrante. Durante a audiência, o juiz avalia possíveis irregularidades na prisão, decidindo entre a manutenção da prisão ou pela soltura do acusado.

A audiência foi acompanhada por familiares e amigos de Raíssa e do condutor. Ainda de acordo com o Blog do Sena, durante todo o tempo, o clima dentro do Fórum João Mangabeira, onde ocorreu a audiência, era tenso. A Polícia Militar esteve presente durante todo o tempo.

Durante o sepultamento de Raíssa na manhã desta segunda-feira (09), familiares e amigos já haviam convocado uma manifestação na porta do fórum às 13h. O sentimento de amigos e familiares é de revolta. 

Comentários