Palmeiras irá fazer grande faxina no elenco e 5 atletas estão de saída do clube

Ainda de acordo com o site, apesar de toda essa pressão, o presidente palmeirense, Maurício Galiotte, já conversou com o diretor executivo de futebol do ​Verdão e revelou que pretende mantê-lo no cargo

O Palmeiras passa por um momento bastante turbulento na temporada. O clube paulista só tem o Campeonato Brasileiro para disputar até o final do ano e boa parte dos torcedores palmeirenses pressionam para o Alviverde conquiste novamente o torneio nacional para não passar o ano em branco. Com tanto investimento, Alexandre Mattos está sendo muito criticado pela torcida e pelos conselheiros do clube, informou o site 90 minutos.

Ainda de acordo com o site, apesar de toda essa pressão, o presidente palmeirense, Maurício Galiotte, já conversou com o diretor executivo de futebol do ​Verdão e revelou que pretende mantê-lo no cargo. Os dirigentes do clube paulista procuram não falar muito do assunto para não gerar uma situação ainda mais delicada e acreditam que o clima só irá amenizar ganhando dentro de campo e brigando para ser campeão do Brasileirão.

Nos bastidores, a cúpula do Verdão já trabalha para fazer uma grande reformulação. O jornalista ​Jorge Nicola noticiou na noite dessa sexta-feira (06) que cinco jogadores já estão com os dias contados na Academia: os goleiros Fernando Prass e Jaílson, o zagueiro Edu Dracena, o volante Jean e os atacantes Borja e Deyverson. O quinteto não faz parte dos planos e é improvável que apareçam na pré-temporada em 2020.

Segundo o 90 minutos, os diretores do Palmeiras entendem que realizar uma faxina no elenco é preciso para o elenco ter uma nova casa. É consenso entre os cartolas que existem jogadores que já estão marcados pelos torcedores e outros que estão com uma idade avançada para continuar contribuindo dentro das quatros linhas. Alexandre Mattos, pelo menos por enquanto, tem carta branca para confirmar as saídas dos jogadores que não serão aproveitados.

Comentários