Goleiro Bruno faz propaganda de canil 10 anos após caso Eliza Samúdio

Ele causou alvoroço nas redes sociais após essa publicidade

Condenado pela morte da modelo Eliza Samúdio, o goleiro Bruno Fernandes causou um certo alvoroço nas redes sociais após fazer uma publicidade para um canil em seu Instagram, nesta quarta-feira, 24.

Solto desde 2019, quando ganhou o direito pela Justiça de Minas Gerais de cumprir o resto de sua pena no semi-aberto, o atleta respondeu alguns comentários que associaram a propaganda ao crime pelo qual ele foi condenado.

"Você acredita realmente no que foi noticiado no passado ? Amigo abra a mente! Na época foi feitos exames que comprovam que tudo não passou de imaginação daquele noiado do meu sobrinho", escreveu o goleiro respondendo a um seguidor.

Caso

Bruno foi condenado a 20 anos e nove meses de prisão pela morte de Eliza Samúdio e o sequestro do filho do casal, em 2010. Segundo testemunhas, os restos mortais da vítima teriam sido jogado aos caes do local onde o crime ocorreu. Também condenado por ocultação de cadáver, o jogador teve a pena extinta pela Justiça mineira, que entendeu que o crime prescreveu (perda do direito de punição).

A Tarde

Comentários