BAHIA: Aulas semipresenciais do Ensino Fundamental serão iniciadas nesta segunda-feira (9)

Ao entrar na escola, os estudantes em uso obrigatório de máscaras, terão suas temperaturas aferidas por um funcionário da escol

Foto: GOV BA


Após o início das aulas semipresenciais dos estudantes do Ensino Médio da rede estadual de ensino, em 26 de julho, será a vez dos 125.481 estudantes do Ensino Fundamental iniciarem o ensino híbrido, na próxima segunda-feira (9).

As unidades escolares que ofertam o Ensino Fundamental de forma compartilhada ou exclusiva em todo a Bahia já estão preparadas com todos os protocolos sanitários recomendados, como termômetros para a aferição da temperatura, disponibilização de pias e álcool 70% para higienização das mãos e distanciamento entre as carteiras, dentre outras medidas de biossegurança.

O superintendente de Gestão da Informação da SEC, Rainer Wendell Guimarães, falou da importância do início das aulas semipresenciais do Ensino Fundamental, nesta segunda fase do ano letivo contínuum da rede estadual de ensino. “A educação cumpre um forte papel de inclusão social. E é por isso que estamos trabalhando para que o direito de aprender caminhe lado a lado com o retorno seguro dos nossos estudantes à escola”, destacou.

Assim como está ocorrendo com as aulas do Ensino Médio, as turmas também serão divididas em 50%. Metade dos alunos irá na segunda, quarta e sexta; e a outra metade irá na terça, quinta e sábado. Nos demais dias, os estudantes participam das aulas e atividades remotas. A divisão da turma se dará por letra e as escolas já estão em contato com os estudantes e as famílias para os ajustes que se fizerem necessários.

Nova rotina escolar – Ao entrar na escola, os estudantes em uso obrigatório de máscaras, terão suas temperaturas aferidas por um funcionário da escola. Os mesmos serão direcionados para fazer a higienização das mãos, em pias disponíveis nas escolas, ou por meio dos dispensers de álcool em gel 70%, instalados em locais estratégicos e de fácil acesso. Além disso, os estudantes receberão kits contendo máscaras de proteção e uma nova camisa da farda. A alimentação também já está sendo reforçada com a oferta de duas refeições por turno letivo.

Comentários