AGOSTO LARANJA: Mês reforça importância de diagnóstico da esclerose múltipla

ampanha de conscientização busca identificar a doença na fase inicial

Foto: Reprodução/UFPA


A campanha “Agosto Laranja” é “extremamente importante para o trabalho de conscientização e conseguir fazer o diagnóstico precoce” da esclerose múltipla, de acordo com o neurologista no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da UFRJ, Gabriel Micheli, em entrevista à CNN Rádio nesta segunda-feira (9).

A esclerose múltipla é uma doença crônica do sistema nervoso central. O organismo da pessoa acometida por ela produz uma inflamação contra regiões do sistema nervoso que causam sintomas recorrentes, segundo Gabriel Micheli.

Entre os sintomas mais comuns, estão a “perda da visão de um olho e retorno depois, alterações de sensibilidade, dor, perda de função de um membro, visão dupla”, entre outros.

VEJA TAMBÉM: Homens recorrem ao congelamento de sêmen para adiar paternidade

Todos eles com retorno após os períodos de “surto”.

O médico explicou que, embora não se saiba as causas da doença, o tratamento avançou muito:

“As medicações estão cada vez mais eficazes, com perfil de efeito colateral melhor, é extremamente plausível e possível que leve uma vida normal, fazendo uso regular da medicação.”

O perfil de diagnosticados é “classicamente de jovens, principalmente do sexo feminino”, entre 20 e 30 dias.

“No Brasil, a doença acomete aproximadamente de 15 a 30 pessoas a cada 100 mil habitantes, é uma causa muito importante de incapacidade neurológica”, completou.

Estudo afirma que Covid-19 pode envelhecer o cérebro em 10 anos

A esclerose múltipla é uma doença crônica do sistema nervoso central

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

CNN Brasil

Comentários