PF e MPF cumpre mandados em operação de combate a contrabando de cigarros no sudoeste baiano

Cinco mandados de prisão preventiva são cumpridos em Guanambi e Luís Eduardo Magalhães, nesta terça-feira (17)

Foto: Divulgação/Polícia Federal


A Polícia e o Ministério Público Federal fazem uma operação de combate ao contrabando de cigarros paraguaios na Bahia, nesta terça-feira (17). Quatro mandados de prisão preventivas são cumpridos em Guanambi, sudoeste do estado, e outro em Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano.

A Justiça bloqueou ainda R$ 42,178 milhões em bens, dos investigados. Mandados de busca e apreensão também são cumpridos em 17 imóveis residenciais e comerciais de Guanambi, e em um imóvel de Luís Eduardo Magalhães e outros três em Palmas de Monte Alto.

VEJA TAMBÉM: Policiais baianos terão espaço especial para atendimento jurídico da Defensoria Pública

De acordo com a PF, o grupo investigado é especializado na importação, transporte e distribuição dos cigarros paraguaios para o Brasil. Essa mercadoria contrabandeada era distribuída na região sudoeste da Bahia.

A polícia detalhou que, durante o período investigado, o grupo criminoso movimentou mais de R$ 160 milhões em contas bancárias de pessoas vinculadas à quadrilha. Os envolvidos vão responder pelos crimes de contrabando de cigarros, associação criminosa e sonegação fiscal.

G1

Comentários