Vitória é condenado pela Fifa a pagar R$ 4 milhões após ser acionado por Caicedo

Atacante equatoriano deixou o clube em litígio no início do ano

Foto: Leticia Martins / ECV


O Vitória foi condenado pela Fifa a pagar R$ 4 milhões referente a uma ação impetrada pelo atacante Jordy Caicedo, que deixou o clube em litígio no início deste ano. 

Em comunicado oficial, O Vitória informa que a maior parte do valor da condenação seria relativo à redução de salário durante a pandemia, medida que teria amparo nas leis brasileiras e com normatização da própria Fifa. 

O clube informou que um escritório de advocacia está cuidando do caso e acredita que a decisão pode ser revista. “Houve uma condenação ao Esporte Clube Vitória de valores próximos a quatro milhões de reais, encontrando-se o processo sob o crivo do escritório de advocacia contratado para a defesa do direito do Clube perante a FIFA, com demonstração de grande possibilidade de reversão da decisão”, diz trecho da nota. 

VEJA TAMBÉM: Flamengo acerta empréstimo de jogador do Manchester United; [SAIBA QUEM]

Jordy Caicedo, 23 anos, foi contratado pelo presidente Paulo Carneiro como grande reforço do Vitória em julho de 2019. O atacante não agradou e em 2019 fez 20 jogos e marcou seis gols. Na temporada seguinte, Caicedo era opção no banco de reservas, quando jogou 24 partidas e balançou as redes três vezes.
 

METRO1

Comentários