Bolsonaro revela que Michelle tomou vacina contra Covid-19 nos EUA

Primeira-dama poderia ter recebido imunizante no Brasil, pelo SUS, em julho

Foto: Alan Santos/PR


O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, se vacinou contra a Covid-19 nesta semana nos Estados Unidos. A declaração foi feita à revista Veja nesta sexta-feira (24). Michelle estava presente em Nova York, junto com a comitiva do presidente, para a Assembleia Geral da ONU. 

VEJA TAMBÉM: Comitiva presidencial: Eduardo Bolsonaro e ministra Tereza Cristina recebem diagnóstico de Covid-19

"Tomar vacina é uma decisão pessoal. Minha mulher, por exemplo, decidiu tomar nos Estados Unidos. Eu não tomei", revelou. A primeira-dama poderia ter recebido o imunizante no Brasil, pelo SUS, desde o dia 23 de julho, quando Brasília permitiu a vacinação para pessoas a partir dos 39 anos.

METRO1

Comentários