Após defender tratamento precoce contra Covid-19, Alexandre Garcia é demitido da CNN

Vale ressaltar que não há medicações com eficácia cientificamente comprovadas para estágios iniciais da covid-19

Foto: Reprodução/YouTube


Alexandre Garcia foi demitido da CNN Brasil nesta sexta-feira (24). O jornalista foi contestado ao vivo após defender o tratamento precoce contra a Covid-19. A CNN emitiu uma nota comunicando sobre a saída de Alexandre.

VEJA TAMBÉM: Astrid Fontenelle recebe presente de Juliette e abandona em uma praça

“A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro “Liberdade de Opinião” continuará na programação da emissora, dentro do jornal ‘Novo Dia’. A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”, dizia a nota da emissora.

Durante uma participação no quadro “Liberdade de Opinião”, Alexandre falava das denúncias contra a Prevent Senior, até que afirmou que “remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas”. Não existem medicações com eficácia comprovada para prevenir a Covid-19.

IstoÉ

Comentários