CONQUISTA: Xandó saúda festa de Cosme e Damião e alerta para intolerância religiosa

O parlamentar conclamou a sociedade a fazer uma reflexão nesse momento festivo e combater a intolerância religiosa

Foto: Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista


Na sessão da última sexta-feira, 24, da Câmara Municipal, o vereador Alexandre Xandó (PT) saudou as festividades de Cosme e Damião, festa sincrética comemorada nos dias 26 e 27 de setembro.

VEJA TAMBÉM: CONQUISTA: Delegado Marcus Vinicius critica quarentena para policiais, juízes e promotores

A Igreja comemora Cosme e Damião no dia 26 e no dia seguinte, uma parcela das religiões de matriz africana comemora o dia dos ibejis – irmãos gêmeos que possuíam o dom da cura e da medicina. Ibeji são os orixás crianças, gêmeos, filhos das divindades Xangô e Iansã. Xandó destacou que Cosme e Damião são santos bastantes populares e a oferta de caruru, em homenagem a eles, é uma tradição, muitas vezes realizada como agradecimento por promessa atendida. A festa é também um momento de celebração que reúne famílias, um momento de alimentar crianças famintas.

O parlamentar conclamou a sociedade a fazer uma reflexão nesse momento festivo e combater a intolerância religiosa. É tradição na festa dos santos gêmeos, a distribuição de doces a crianças. “Não diga a seu filho que ele não pode comer porque é doce do diabo. Diga que o doce faz parte de outra religião, diferente da família, e que na sua não se dá doce, pois não se acredita em santo. Mas na religião do amigo se acredita e pode. Quando você diz que o doce é do diabo, as crianças reproduzem e fazem os colegas ficarem tristes”, defendeu. 

 

Comentários