Homem suspeito de matar pediatra dentro de clínica na Bahia é preso; comparsa é localizado

Família disse que ele teria denunciado casos de abuso sexual

Foto: Reprodução/G1


Um homem suspeito de matar o médico Júlio César de Queiroz Teixeira, 44 anos, dentro da clínica onde ele trabalhava, foi preso na tarde desta segunda-feira (27), na cidade de Barra, no oeste da Bahia, segundo a polícia. Ele foi identificado como Jefferson Ferreira.

O cúmplice que levou o homem que atirou no médico até a clínica também já foi localizado, de acordo com o delegado, Jenivaldo Rodrigues. O nome dele não foi divulgado.

VEJA TAMBÉM: Delegacia itinerante de proteção à mulher chega ao sudoeste baiano

Também segundo a polícia, a motocicleta e o capacete utilizados no dia crime foram apreendidos com o suspeito. No dia do crime, o homem entrou na clínica usando o capacete.

Inicialmente o delegado disse que o cúmplice, que levou o atirador ao local em uma moto e auxiliou na fuga no mesmo veículo, tinha sido preso. No entanto, o policial revelou que o homem foi localizado no Tocantins.

G1

Comentários