Volta às aulas 100% presenciais é adiada na Bahia após aumento de casos da Covid-19, anuncia Rui Costa

Casos ativos de covid no estado foram, em dez dias, de 2 mil para 2,8 mil

Foto: Divulgação


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), revelou na manhã desta quarta-feira (29/9) que a volta às aulas 100% presenciais da rede estadual, prevista para o mês de outubro, terá que esperar mais um pouquinho. A informação foi divulgada durante a solenidade de entrega de uma encosta no bairro da Calçada.

O chefe do Executivo se diz preocupado com o crescimento recente da Covid-19 e dos impactos que isso poderia causar em um possível retorno imediato das aulas presenciais.

VEJA TAMBÉM: Ex-funcionária do Detran faturou R$ 250 mil com falsificações, diz polícia civil

“A volta 100% presencial era nossa intenção e já tínhamos acionado a Secretaria de Educação para o retorno pleno no início de outubro. Só que, em dez dias, subiu de 2.000 pra 2.800 casos ativos. Isso fez com que a gente desse um freio no planejamento”, explicou.

Na oportunidade, o político reiterou ainda que manterá a prudência na retomada de eventos com públicos durante o combate ao novo coronavírus.

“Nós vamos liberar assim que as condições sanitárias permitirem. Nossa programação, inclusive, era poder ter feito o anúncio na semana passada da liberação de jogos (com público), assim como o retorno presencial 100% às aulas. Era nosso planejamento porque os números vinham caindo. Mas, infelizmente, para nossa surpresa, os números subiram bastante”, disse. 

A expectativa é que os casos voltem a diminuir na próxima semana e os números voltem ao patamar de dez dias atrás. Com isso, o Governo poderá voltar a planejar a volta às aulas presenciais e mais flexibilizações.

Aratu Online

Comentários