Jogador de seleção é diagnosticado com mesmo câncer do comentarista Caio Ribeiro

David Brooks revela que recebeu a notícia com choque, assim como a sua família

Foto - Reprodução/Instagram


O meio-campista David Brooks, que atua no Bournemouth, da Inglaterra, foi diagnosticado com linfoma de Hodgkin,  mesmo câncer que afetou o comentarista Caio Ribeiro.  O atleta começará o tratamento médico a partir da próxima semana.

Brooks, de 24 anos, deixou a concentração da seleção galesa na semana passada para se submeter a um exame médico que confirmou o linfoma em estágio II. Em comunicado pelas redes sociais, o meia assume que recebeu a notícia com choque, assim como a sua família, mas tranquilizou os fãs.

"Esta é uma mensagem muito difícil para eu escrever. Fui diagnosticado com Linfoma de Hodgkin Estágio II e começarei o tratamento na próxima semana. Embora tenha sido um choque para mim e para minha família, o prognóstico é positivo e tenho certeza que irei me recuperar totalmente e jogar novamente o mais rápido possível. Gostaria de agradecer aos médicos, enfermeiras, consultores e equipe que me trataram por seu profissionalismo, cordialidade e compreensão durante este período. Quero agradecer a todos na Federação de Futebol do País de Gales porque, sem a atenção imediata da sua equipa médica, poderíamos não ter detectado a doença. Também gostaria de agradecer ao AFC Bournemouth por todo o apoio e assistência na semana passada.

VEJA TAMBÉM: Palmeiras: Abel surpreende, manda recado para Renato Gaúcho e ataca imprensa; [VEJA VÍDEO]

"Embora aprecie a atenção e o interesse da mídia, gostaria de pedir que minha privacidade seja respeitada nos próximos meses e, quando possível, compartilharei atualizações sobre meu progresso. Enquanto isso, agradeço a todos por suas mensagens de apoio; isso significa muito e continuará a significar nos próximos meses. Espero ver todos vocês novamente e praticar o esporte que amo muito em breve", disse o jogador em comunicado.

O diretor-executivo do Bournemouth, Neill Blake, afirmou que o clube ajudará o jovem jogador de todas as formas que puder.

"Todos no AFC Bournemouth farão todo o possível para ajudar a apoiar David e sua família durante sua recuperação. Não estabelecemos prazos para o seu retorno. Vamos dar a David todo o tempo de que ele precisa para se recuperar e faremos tudo o que pudermos para ajudar com isso", disse ele.

"Sei que todos estarão dispostos a mostrar seu amor e apoio a David, o que o ajudará imensamente enquanto ele se recupera, mas também pedimos que respeite sua privacidade e a de sua família durante este tempo", concluiu.

IG ESPORTE

Comentários