Uesb amplia pós-graduação com Mestrado Profissional em Educação Física

Neste ano, por meio de Edital, o Programa abriu seleção para adesão de instituições

Foto: Reprodução


Buscando ampliar as oportunidades de qualificação dos professores de Educação Física atuantes no Ensino Básico, a Uesb passa a contar com o Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional (ProEF). O Mestrado Profissional é constituído por redes de instituições e, no Brasil, esse Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Educação Física é coordenado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Neste ano, por meio de Edital, o Programa abriu seleção para adesão de instituições. Com duas vagas disponibilizadas para a Região Nordeste, a Uesb foi aprovada, em primeiro lugar, e passa agora a fazer parte dessa rede de formação. A Universidade atendeu critérios relacionados com a proposta do curso, o corpo docente, a produção intelectual e profissional na área e a inserção social e geográfica.

Coordenador da proposta de adesão, o professor Roberto Gondim Pires, do Departamento de Saúde 1, informa que a Uesb é a única instituição na Bahia que oferta mestrado na área de Educação Física tanto em nível acadêmico como em nível profissional. Para ele, a adesão amplia horizontes para a qualificação de professores. “A importância é a de construir um alcance de formação profissional aos professores que atuam na rede pública que, dificilmente, teriam essa possibilidade pela insuficiência e carências. Então, a importância é de aproximar a Universidade ao processo profissional a partir da sistematização desse conhecimento”, afirma Pires.

Voltado para professores de Educação Física atuantes tanto na rede de Educação Básica municipal quanto estadual, o curso tem previsão de iniciar, com as vagas da Uesb, em 2022. O funcionamento será no campus de Jequié.

Ampliando possibilidades – Com a nova aprovação, a Uesb passa a contar com seis Mestrados Profissionais em Rede na sua grade de cursos de pós-graduação. Com formação nos campi de Jequié e Vitória da Conquista, professores podem se qualificar nas áreas de Física, História, Letras, Matemática, Química e, agora, Educação Física.

Comentários