Bilionário que comprou Newcastle teria clube brasileiro como alvo

Fundo da Arábia Saudita também está de olho na Inter de Milão e Olympique de Marselha, diz jornal

Foto: AFP


O Newcastle não deve ser único clube do príncipe Mohammed bin Salman. Após concluir a compra do time inglês, o Fundo de Investimentos Públicos da Arábia Saudita (PIF) estaria de olho em mais três equipes ao redor do mundo, incluindo uma brasileira.

De acordo com o jornal italiano Libero Quotidiano, o PIF já definiu dois alvos, ambos da Europa: Inter de Milão, da Itália, e Olympique de Marseille, da França. O terceiro, que seria do Brasil, ainda não foi decidido.

VEJA TAMBÉM: Próximo da final da Libertadores, jogador do Flamengo alfineta Palmeiras

Ainda não há previsão para que as negociações com os clubes e seus atuais donos sejam iniciadas. A Inter, porém, deve ser a primeira a receber a oferta, já que a empresa chinesa Suning, que controla o clube, deseja vendê-lo. 

Segundo o jornal As, o fundo já se encontrou com o clube italiano, e um preço já teria sido estabelecido para uma possibilidade de negócio: 1 bilhão de euros (R$ 6,4 bilhões). O valor representa R$ 4,2 bilhões a mais do que o PIF desembolsou para comprar o Newcastle - 300 milhões de euros, cerca de R$ 2,2 bilhões.

Nos últimos meses, a Inter de Milão vem sofrendo dificuldades financeiras. Por causa disso, o clube teve que se desfazer de importantes peças, como Romelu Lukaku, que foi para o Chelsea, e Achraf Hakimi, que saiu para jogar no Paris Saint-Germain. 

Correio da Bahia

 

Comentários