Após pai ser preso, avô de jogador da seleção ataca pessoas com uma faca

Ele também foi detido e liberado posteriormente

Foto: Instagram


A família do atacante Gianluca Scamacca, da seleção italiana, está novamente nas manchetes, depois que o seu avô foi preso por invadir um bar em um subúrbio de Roma armado com uma faca e ameaçar alguns dos clientes.

Sandro Scamacca, 66 anos, avô do jovem atacante Sassuolo, espalhou o terror no bairro Fidene e chegou a colocar a arma branca no pescoço de um dos presentes, conforme publicado no Jornal Il Messaggero.

Policiais compareceram ao local e prenderam o suposto agressor, que resistiu em ter a faca retirada de suas mãos. Ele foi libertado posteriormente, mas, agora, enfrenta acusações de porte de arma, ameaças agravadas e resistência a prisão.

Vale lembrar que o pai de Scamacca foi preso há alguns meses. Em maio, ele apareceu em Trigoria, onde a AS Roma realiza os seus treinos, armado com uma barra de metal . Gianluca Scamacca cresceu nas categorias inferiores do time romano, mas a sua saída para o PSV Eindhoven com apenas 16 anos parece que não deixou o pai Emiliano feliz.

No local, ele danificou os carros de diretores e tentou saltar sobre os carros dos treinadores das categorias inferiores. Felizmente, os membros da segurança o impediram e ele foi posteriormente detido pela polícia.

 

VEJA TAMBÉM: Filho de Galvão Bueno detona Casagrande e abre o jogo sobre relação

 

Gianluca Scamacca jogou 12 jogos na Serie A nesta temporada, marcando dois gols. Além disso, em setembro passado ele concretizou um de seus grandes sonhos ao estrear na equipe italiana comandada por Roberto Mancini.

Ele fez isso contra a Lituânia, em uma das partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

ig esporte

Comentários