Caixa tem R$ 23,4 bilhões em atrasados do PIS/Pasep; [SAIBA COMO SACAR]

Cerca de 10,6 milhões de pessoas que trabalharam entre 1970 e 1988, ou seus herdeiros, têm direito ao montante

Foto:Rafaela Felicciano/Metrópoles


Cerca de R$ 23,4 bilhões do Fundo PIS-Pasep ainda estão disponíveis para saques, segundo informações divulgadas pela Caixa Econômica Federal nesta terça-feira (23/11). Hoje, o número de pessoas que podem se beneficiar é de 10,6 milhões.

A instituição financeira anunciou ainda que foram sacados, desde a migração do PIS/Pasep para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em abril do ano passado, apenas R$ 331,5 milhões por 232,3 mil trabalhadores ou herdeiros.

Têm direito ao fundo as pessoas que trabalharam de forma legal entre 1970 e 1988.

 

VEJA TAMBÉM: Preço da gasolina fica estável após 6 semanas seguidas de alta

 

Se o empregador fez as contribuições previstas em lei e se ainda não foi feito o saque das cotas, a pessoa pode ter valores a receber, provenientes dos recursos empenhados naquela época.

O governo avalia que boa parte do dinheiro não foi sacada porque os beneficiários morreram. Outro possível motivo é a falta de informação: muitos cotistas já estão idosos e desconhecem direito ao recurso.

O prazo final para a retirada do dinheiro é 1º de junho de 2025. Os valores não sacados depois desse período passam a ser propriedade da União.

 

Como sacar

Os saques podem ser feitos por meio do aplicativo ou site do FGTS, no internet banking da Caixa, pela web. Também há opções para sacar pessoalmente, no limite de R$ 3 mil, com o uso do Cartão do Cidadão, em terminais de autoatendimento ou em lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

Para retirar valores acima de R$ 3 mil, é necessário ir até uma agência e apresentar documento com foto.

Metrópoles

Comentários