Queiroga confirma chegada de vacinas para crianças na segunda quinzena de janeiro

Governo federal tem feito críticas à vacinação infantil, contrariando a comunidade científica

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou nesta segunda-feira (3) que as vacinas contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegam ao Brasil na segunda quinzena de janeiro. A declaração foi feita à imprensa após solenidade em Brasília sobre envio de médicos para ajudar vítimas das enchentes na Bahia. 

No último dia 31, ele havia anunciado a intenção de vacinar esse público a partir da primeira quinzena do mês. 

Queiroga afirmou ainda que a vacinação infantil "está bem definida, de maneira clara e transparente" e a pasta tem uma "ampla discussão com a sociedade acerca do tema [vacinação], que é fundamental".

Apesar das declarações, o governo federal tem feito críticas à vacinação infantil, contrariando a comunidade científica, os padrões internacionais e até mesmo a posição da Anvisa.

Na última sexta-feira (31), a ministra Cármen Lúcia deu um prazo de cinco dias para que o presidente Jair Bolsonaro e Queiroga prestem informações após ação da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

metro1

Comentários