Primeira vacinada contra Covid no Brasil se filia ao MDB e pode ser candidata a deputada federal

Mônica Calazans foi a primeira pessoa no Brasil vacinada contra covid

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo 


Primeira vacinada contra a Covid-19 no Brasil, a enfermeira Mônica Calazans se filiou ao MDB e pode ser candidata a deputada federal pela sigla.

Procurada pela reportagem, ela disse que não vai comentar o tema por enquanto e que "não vai dar spoiler".

Nas tratativas com o partido, a ideia acordada foi a de lançá-la a deputada federal.

Mônica, 55, foi vacinada em 17 de janeiro de 2021, em São Paulo. Mulher, negra e enfermeira da UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas e do Pronto Atendimento São Mateus, ela foi escolhida pelo governo João Doria (PSDB) e recebeu a Coronavac.

Em entrevista recente à coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, ela disse ter sido alvos de ataques racistas pela primeira vez na vida, após a projeção nacional, mas que não se preocupa.

"Durante todo esse período que estou carregando esse título, quero sempre fazer bonito para a minha raça, para as mulheres e para a enfermagem", disse.

Ela participou das gravações da série Sintonia (Netflix), revelou a entrevista. Ao ser perguntada sobre seu papel, deu resposta similar ao que disse sobre sua filiação ao MDB: "não posso dar spoiler".

Guilherme Seto/Folhapress

Comentários