Lavagem do Bonfim é cancelada pelo 2º ano seguido

Anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Reis, nesta quarta-feira (5). No dia 13 de janeiro, a Basílica Santuário Senhor do Bonfim será aberta apenas às 18h, para a missa da novena, às 19h

 Foto: Itana Alencar/G1 Bahia


A tradicional e secular Lavagem do Bonfim, em Salvador, que seria realizada na próxima quinta-feira, 13 de janeiro, foi cancelada pelo segundo ano consecutivo. A confirmação do cancelamento foi feita pelo prefeito Bruno Reis, nesta quarta-feira (5).

A arquidiocese de Salvador já havia indicado que a lavagem não aconteceria, mas aguardava um posicionamento oficial da prefeitura da capital.

"Essa foi uma decisão conjunta entre a Prefeitura e a Basílica do Bonfim e, diante dessa transmissão que está ocorrendo, não podemos dar margem para contribuir para que nesses números possam aumentar ainda mais. Precisamos ter a consciência e a responsabilidade na preservação das vidas. Sendo assim, infelizmente, o dia da Lavagem do Bonfim será um dia normal na cidade, com a região da Cidade Baixa funcionando normalmente", disse o prefeito.

Desta vez, além do aumento dos casos de Covid-19, o surto de gripe H3N2 também foi um fator que motivou a suspensão da festa, que costuma juntar milhares de pessoas nas ruas. No dia 13, a Basílica Santuário Senhor do Bonfim será aberta apenas às 18h, para a missa da novena, às 19h.

 

VEJA TAMBÉM: Após Salvador e Rio, Olinda cancela carnaval de rua

 

Uma transmissão virtual será feita em homenagem póstuma aos mais de 620 mil mortos pela Covid-19 no Brasil, ainda na manhã do dia 13, por volta das 10h. Às 10h30, padre Edson Menezes, reitor da Basílica, transmitirá as bênçãos pelo site santuariosenhordobonfim.com e nas redes sociais da Basílica.

G1 BAHIA 

Comentários