Não é possível cada estado isoladamente enfrentar organizações criminosas de cunho nacional, diz Rui

Rui voltou a culpar o Governo Bolsonaro pela violência na Bahia e comentou sobre a atuação das organizações criminosas

Foto: GOVBA


O governador da Bahia, Rui Costa, ao ser questionado sobre segurança pública e os altos índices de violência no estado durante entrevista ao portal UOL, nesta terça-feira (11), afirmou que é "não é possível cada estado isoladamente enfrentar organizações criminosas de cunho nacional".

"É preciso uma grande articulação nacional, planejamento, de enfrentamento ao crime organizado, um debate aberto e sem preconceito", sugeriu.

Rui voltou a culpar o Governo Bolsonaro pela alta da violência no estado. Segundo ele, fuzil na Bahia "era coisa rara". "A partir da liberação de armas do presidente, hoje é comum no enfrentamento da polícia com fuzil, metralhadora, armamento pesado, de guerra", pontuou.

Bnews

Comentários