A onda dos podcasts: Jornalista e professora explica sucesso dos programas de áudio on-line

A jornalista e professora da UniFG indica 5 podcasts para ouvir ou maratonar durante as férias ou a qualquer momento

Foto: @melanie_sophie/Unsplash


Para todos os gostos, ouvidos e ouvintes, os podcasts não param de crescer no Brasil e se consolidam como um dos formatos de mídia mais consumidos nos últimos dois anos.  

Apesar de já existir há cerca de 15 anos, foi a partir de 2019 que os programas de áudio on-line começaram a se popularizar no país e alcançaram quase 30 milhões de brasileiros mensalmente no ano passado, segundo dados da pesquisa Globo Podcast. Política, economia, marketing, entretenimento, tecnologia, empreendedorismo e inúmeros outros temas. A variedade é enorme e o formato consegue atrair públicos de nichos muito específicos.  

Com a pandemia da Covid-19, o crescimento do mercado de podcasts deu um salto, já que as pessoas precisaram ficar em casa e começaram a buscar alternativas para passar o tempo. Os programas apareceram, então, como um parceiro dentro do isolamento, uma forma de conexão com o mundo lá fora. Alguns fatores, como a facilidade de adaptação a uma vida multitarefa e a possibilidade de ser acessado a qualquer momento também explicam o sucesso da mídia, conforme afirma a professora do curso de Jornalismo do Centro Universitário UniFG, Milena Castro.

De acordo com a especialista, o podcast se assemelha bastante com o rádio, que ainda é um dos meios de comunicação mais consumidos no Brasil, mas possui a vantagem de estar sempre disponível on-line e em diversas plataformas digitais, que anteriormente eram voltadas somente para a música. “As pessoas podem ouvir no momento que quiserem, na hora que quiserem, fazendo, desenvolvendo qualquer tipo de atividade”, analisa a professora. 

Além disso, segundo Milena Castro, o formato é tão atraente para o público porque consegue levar informação de forma sucinta, descontraída, íntima e sem perder em qualidade, já que muitos dos programas convidam especialistas nas áreas que estão discutindo para contribuírem com o conteúdo apresentado.  

“O ouvinte, hoje, está buscando algo mais íntimo. O telespectador, quando a gente fala de televisão, já tem um afastamento das telas, no sentido de que é preciso sentar em frente à um aparelho de TV, alguma plataforma, e ficar observando, acompanhando todo o roteiro. Já com os podcasts, não é necessário esse tipo de interação”, completa a jornalista. 

Seja como um forte aliado no jornalismo, como fonte de entretenimento ou mesmo uma mídia de investimento crescente por parte da publicidade, a professora da UniFG acredita que o formato veio para ficar: “Nenhuma mídia substitui a outra. Quando me pergunta se o formato veio pra ficar, acredito que sim, só que diariamente nós estamos vendo outros formatos de passar informação. Desde a mídia imprensa, televisão, rádio, e a gente tem, hoje, as plataformas digitais. Então, eu acho, sim, que o podcast veio pra ficar, e é de fato um aliado muito forte também para a publicidade”.  

A jornalista aproveita, por fim, para indicar cinco dos seus podcasts favoritos para ouvir ou maratonar durante as férias ou a qualquer momento. Confira a lista com as escolhas da professora Milena Castro: 

Não Inviabilize - Para quem gosta de entretenimento, é um espaço para crônicas e histórias reais. Histórias cotidianas e bizarras. A professora destaca a locução envolvente de Déia Freitas, criadora do podcast e responsável por contar as histórias. 

Café da Manhã - Podcast jornalístico da Folha de São Paulo, que objetiva falar sobre as principais notícias para quem deseja começar o dia já informado.  

Bom dia, Obvius - Marcela Ceribelli, CEO e diretora criativa da plataforma de conteúdo Obvious, recebe convidadas para conversas abertas sobre assuntos atuais do universo feminino: saúde mental, autocuidado, carreira, autoestima, novas curas, relacionamentos e outros.  

Mamilos - Um dos mais antigos e mais ouvidos no Brasil. O Mamilos segue o  slogan “Jornalismo de peito aberto”. Duas publicitárias discutem temas pertinentes como feminismo, violência, política, dentre outros diversos, e sempre com a presença de vários convidados. 

Acenda a sua Luz - Podcasts rápido, com duração de 5 a 6 minutos, em que uma instrutora de Yoga levanta questões envolvendo espiritualidade e voltadas para o autoconhecimento. 

Comentários