Homem mata noiva com água fervente enquanto ela dormia

O homem jogou água fervente no ouvido da companheira; ele cometeu suicídio

Foto: Reprodução/Facebook 


Uma mulher de 29 anos foi morta pelo próprio noivo enquanto dormia na segunda-feira (2). Denis Magalhães, de 31 anos, teria fervido água e colocado no ouvido da companheira. O corpo dela foi encontrado pelo próprio filho, um adolescente de 15 anos. O crime aconteceu no bairro Vila Bela, na Zona Leste da cidade de São Paulo.

O cadáver de Jaqueline Carletto estava ao lado do de Denis Magalhães, de 31 anos. O agressor tirou a própria vida após o crime. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), o caso foi registrado como feminicídio seguido de suicídio.

Uma tia de Jaqueline relatou em uma rede social que o agressor foi acolhido pela família dela. Disse ainda que Denis não tinha onde morar e que a noiva ofereceu um teto.

“Matou minha sobrinha, acabou com a nossa família. Chegou na família como um coitado que não tinha onde morar. Minha sobrinha te deu um teto pra morar, te apresentou uma família digna, e você fez isso com ela", escreveu Margareth Fenolio.

Os dois ficaram noivos no dia 3 de abril deste ano. Nas redes sociais de Jaqueline, eles aparentavam viver tranquilamente. Em uma publicação no Facebook, por exemplo, o agressor se declara à noiva. 

“Amo você minha vida. Olha, posso dizer que sou feliz sem demagogia, sem medo de errar, pois você tem sido tão especial, amiga e companheira. Agradeço a Deus todos os dias por ter te conhecido e te ter ao meu lado, meu amor”, escreveu. 

BNews

Comentários