MEGA: Nutricionista conta como a alimentação saudável interfere na qualidade de vida

Não é novidade para ninguém que a má alimentação pode ter como consequência muitos problemas emocionais e de saúde. Infelizmente, no Brasil, fatos recentes mostram que a população ainda não se conscientizou em relação a esse problema.

Os últimos dados apresentados pelo Ministério da Saúde, através da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) mostra que 51% dos brasileiros têm excesso de peso. A pesquisa ainda revela que 34,6% dos brasileiros comem carnes com excesso de gordura, 56,9% bebem leite integral regularmente e 29,8% ingerem refrigerante em, pelo menos, cinco vezes por semana.

Nesta terça-feira (22), o programa Redação Mega, apresentado por Paulo Martins, Joabson Silva e Daniel Morais, entrevistou o nutricionista Joadson Andrade para reafirmar as necessidades de se manter uma alimentação adequada e contar como os alimentos interferem ao longo da vida.

Joadson destacou a importância de uma suplementação sugerida e acompanhada por um profissional. Já que o abuso de suplementos pode afetar os rins e o fígado. 

"Hoje em dia existe muito o uso de suplementação industrializado sem um prescritor nutricionista ou um endocrinologista. (...) a questão hoje é que a matéria-prima vem causando diversos problemas, inclusive a pessoa que está tomando algum tipo de suplementação pode sofrer algum tipo problema renal", disse ele.

Reeducação alimentar

Joadson afirmou que é necessária uma reeducação alimentar para uma melhor qualidade de vida e citou alguns alimentos que precisam ser extintos da rotina. "A questão da reeducação alimentar é primordial (...) excluir alimentos qua não há a necessidade de continuar na rotina como os (lanches) fast food, alimentos industrializados, qualquer alimento ali tem conservantes e além de poder trazer doenças patológicas também não ajudam na estética".

Água

Finalizando sua fala, o nutricionista comentou que a Organização Mundial de Saúde recomenda beber no mínimo 2 litrosde água por dia, mas isso depende de vários fatores como peso, da atividade física. 

Para saber a quantidade ideal de consumo de água é necessário você fazer um cálculo simples. A quantidade se dá do valor de 4% do seu peso.